Wednesday, December 30

Quarta-feira, 6º dia da Oitava de Natal



Reflexão
Em Simeão e Ana, Deus revela os seus mistérios. Ao descobrirem o Messias, comunicam-no aos demais. Jesus vai crescendo em todos os sentidos, como Salvador do Mundo. A Igreja define-se como Cristo continuado no tempo, e por isso, está sujeita à lei do crescimento. Como Corpo Místico de Cristo, ela cresce até à plenitude de Cristo. São João insiste no cumprimento da vontade de Deus, no amor a Deus e aos irmãos, condição de vivência cristã deste Natal.

Tuesday, December 29

Terça-feira, 5º dia da Oitava de Natal


Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/liturgia_semanal_ver.asp?liturgiaid=661

Reflexão
João insiste no amor: quem ama o seu irmão, permanece na luz. O cristianismo sem amor ao irmão, está totalmente errado. Jesus é luz para iluminar os povos. O verdadeiro conhecimento de Deus, são a fé e as obras, em unidade perfeita. A apresentação de Jesus no Templo e o júbilo de Simeão, são propostos à nossa meditação. Maria, a Virgem oferente é modelo de fé da comunidade cristã. Simeão foi a encarnação de expectativa messiânica do povo israelita.

Monday, December 28

Festa dos Santos Inocentes, mártires

 
Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/liturgia_semanal_ver.asp?liturgiaid=660

Reflexão
Festa dos Santos Inocentes mártires, os meninos que foram mortos em Belém de Judá pelo ímpio rei Herodes, para que perecesse com eles o Menino Jesus que os Magos tinham adorado. Foram honrados como mártires desde os primeiros séculos da Igreja e primícias de todos os que derramariam o sangue por Deus e o Cordeiro.

Thursday, December 24

Pensamento do dia: 24-12-2015

No presépio contemplamos Aquele que se despojou da glória divina para se tornar pobre, levado pelo amor ao homem. (São João Paulo II:1920-2005)

Wednesday, December 23

23 Dezembro - Quarta-feira da Semana IV do Advento



Reflexão
Malaquias é o último profeta do Antigo Testamento, e desaparece a apontar para o Mensageiro da Aliança que vai chegar. Mas a sua vinda é preparada por Elias, o profeta que se tornou para o povo de Deus o símbolo do homem cheio do zelo de Deus e que prepara a vinda do Senhor. Jesus identificou Elias com João Baptista. Malaquias profetiza sobre as missões de Elias e João Baptista. João é Elias que devia vir. O fogo do Espírito habita nele e fá-lo correr à frente como precursor do Senhor que chega. Em João, o Precursor, o Espírito Santo acaba de preparar para o Senhor um povo bem disposto.
As grandes anunciações preparam os grandes nascimentos. Antes do de Jesus, o de João Baptista. Os desígnios de Deus vão sendo manifestados nos sucessivos acontecimentos de salvação. Prestar atenção a esses acontecimentos do passado é entender como, hoje ainda, essa salvação continua oferecida aos que a acolhem. A liturgia não celebra a história, mas os mistérios de Deus presentes e revelados na história dos homens, hoje como no passado.

Tuesday, December 22

22 Dezembro - Terça-feira da Semana IV do Advento


Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/liturgia_semanal_ver.asp?liturgiaid=843

Reflexão
O Magnificat é um cântico à grandeza de Deus, com múltiplos e variados ecos bíblicos. Maria é, por si mesma, Advento, a expressão mais profunda da espera. Nela, todos os anseios de liberdade do povo se fazem realidade. O Magnificat é a medida da estatura espiritual de Maria, a síntese da fé do povo eleito. Nela se revê a expressão da fé pascal da primitiva comunidade cristã. Maria é a alegria e a esperança dos pobres, o grito agradecido dos que foram salvos por Cristo. O Magnificat é um programa presente e actual. É um apelo urgente à nova ordem do Reino de Deus.

Friday, December 18

18 Dezembro - Sexta-feira da Semana III do Advento


Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/liturgia_semanal_ver.asp?liturgiaid=839

Reflexão
No evangelho da infância, Mateus dá relevo à figura de José e Lucas à de Maria. Por isso, o rebento de David, chamar-se-á Deus é a nossa justiça. Por isso a acção criadora do Espírito Santo é decisiva para dar passo ao Emanuel, o Deus connosco.
O anúncio-revelação do Anjo sossega o espírito de José atribulado pelo estado de gravidez de Maria. Sem ceder à tentação do abandono, José penetra na radiosa obscuridade dos planos de Deus. Por isso ele aparece como modelo bíblico da fé e da fidelidade ao Senhor.

Thursday, December 17

17 Dezembro - Quinta-feira da Semana III do Advento


Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/liturgia_semanal_ver.asp?liturgiaid=648

Reflexão
Daqui até ao Natal sobe de tom o sentido cristológico das leituras. Começa a dar-se um relevo especial a Cristo e a Maria. Na árvore genealógica de Jesus há pessoas ilustres e outras não tanto. Apesar de se estar na linha masculina, nomeiam-se algumas mulheres, duas das quais nem são judias. Solidário com a Humanidade inteira, Cristo converte-se no molde de todo o Ser Humano, pois Ele é o Homem Novo. Cristo não é fantasma algum, pois a sua linhagem histórica encontra-se bem definida.

Wednesday, December 16

Quarta-feira da Semana III do Advento



Reflexão
Não há outro Senhor fora de mim. Por três vezes se repete esta afirmação na passagem de Isaías. Muitos ainda perguntam se já veio o Messias, ou devemos esperar outro? A conclusão é evidente: Ele já veio. E as credenciais estão bem patentes: os cegos vêem, os mudos falam, os leprosos ficam limpos, os surdos ouvem e a Boa Nova é anunciada as pobres. Curar, consolar, anunciar o Evangelho, são as credenciais que todo o enviado de Deus deverá possuir. Afinal de contas, Ele já veio para nós, ou devemos esperar outro? Acolhamo-lo na nossa vida e no nosso coração.

Tuesday, December 15

Terça-feira da Semana III do Advento



Reflexão
Os publicanos e as meretrizes vos precederão no Reino de Deus. Não se trata dum elogio à imoralidade. Trata-se dum elogio à sinceridade, que constitui a primeira condição para encher o coração de amor. Os pecadores ouviram-no e mudaram de vida; os profissionais da religião não o fizeram. Há profissionais do sim que vivem em constante não. Atitude que tem o nome de hipocrisia, ou falsidade. Sem sinceridade não é possível a conversão que se pretende com o tempo do Advento, como preparação para a chegada do Messias.

Monday, December 14

Segunda-feira da Semana III do Advento



Reflexão
Balaão é um profeta e adivinho pagão, forçado pelo rei de Moab a amaldiçoar o acampamento dos israelitas. O Espírito do Senhor, porém, transformou-o em profeta do seu povo. E toda a sua mensagem é de bênçãos e prosperidade.
No seu sentido pleno, refere-se ao Messias, a Jesus. Ninguém é tão surdo à Palavra de Deus, como aquele que não quer ouvi-la. Jesus confunde os arautos da ortodoxia judaica.
João anuncia e introduz, como Precursor que é, o Messias presente, Jesus de Nazaré.
O Baptismo de João era para o perdão dos pecados, um sinal penitencial da própria conversão.
A fraude profética dos nossos dias é que gostamos que os homens de Deus nos falem somente daquilo que nos agrada!

Friday, December 11

Sexta-feira da Semana II do Advento



Reflexão
Isaías, o profeta do desterro, alerta o povo sobre o sentido da sua sorte. Mesmo no desterro, humilhado e vexado, Deus continua a chamar o seu povo pelo seu nome e a fazê-lo depositário das suas promessas. Cativeiro que é símbolo do seu próprio afastamento de Deus. Os contemporâneos de Jesus adoptam comportamento idêntico: Não aceitam nem João nem o Filho do Homem. Tal como a sociedade de hoje. Busca subterfúgios e escusas, escudando-se até nos defeitos dos crentes. Em vez dum sério compromisso com o Evangelho, damos prioridade a uma religião de saldos...

Friday, December 4

Sexta-feira da Semana I do Advento


Reflexão
O profeta Isaías vislumbra que a salvação total está próxima, está presente no coração dos que vivem na esperança. Assim o entende quando fala de libertação da pobreza da terra, das limitações escravizantes e dos desvios sociais. Libertação é salvação, e esta realiza-se na História Humana, em toda a plenitude, através de Cristo.
O caso dos cegos é o itinerário normal dos pobres de Deus. Onde existe a fé, o milagre é possível. Com a luz da fé, Deus cura a nossa cegueira espiritual. O dom da Fé equivale, portanto, a estrear olhos novos. Cada milagre em Cristo, é um sinal de libertação messiânica, de salvação da Humanidade.
O Advento é tempo de fé e transformação, liberdade e justiça, gozo e esperança.

Tuesday, December 1

Terça-feira da Semana I do Advento



Reflexão
Isaías, João Baptista e a Virgem Maria, vão acompanhar-nos durante o advento, que significa a espera do Messias, do Redentor. Tempo de esperança e de gozo, de conversão total e abertura missionária. Isaías prediz a união de todos os povos na paz messiânica do reino, e Jesus declara essa profecia cumprida, e dá-nos uma oportunidade para a conversão ao reino.
Há três vindas do senhor: a do passado, que conflui no Natal e na Páscoa do Senhor; a do presente, que celebra cultual e sacramentalmente os mistérios salvadores de Deus; a do futuro, como cheque ao portador, que o crente possui, mas ainda não cobrou... Vai cobrar quando Ele venha!