Wednesday, August 10

Festa de São Lourenço, Diácono e Mártir


Liturgia da Palavra - http://www.dehonianos.org/portal/santoral_ver.asp?liturgiaid=926

O grão de trigo morre para dar nova vida
Os bens são para quem deles precisa; os bens deste mundo carecem duma melhor distribuição. Dar e dar-se na dádiva, é a melhor forma de partilhar com os irmãos, as riquezas que Deus nos deu. A felicidade do justo está na prática da justiça. Recordemos São Lourenço, no seu papel de diácono de Sixto II, que soube realizar na vida essa dádiva. Desejando o martírio a exemplo do seu mestre, entrou no mesmo destino de Jesus, a quem servia, quando ia ao encontro dos pobres de Roma, a quem chamou o seu maior tesouro. Servir, distribuindo, foi a vida de Lourenço. Como o grão de trigo que morre para fazer germinar e crescer uma nova espiga.

Tuesday, August 9

Santa Teresa Benedita de Cruz



Celebramos hoje a Festa de uma das Padroeiras da Europa, Santa Teresa Benedita da Cruz. O seu nome era Edith Stein, filha de pais judaicos, nasceu em Breslau no dia 12 de Outubro de 1891. Tendo-se dedicado aos estudos filosóficos, empenhou-se perseverantemente na procura da verdade, até que encontrou a fé em Deus e se converteu à Igreja Católica. Foi baptizada no dia 1 de Janeiro de 1922. Desde então serviu a Deus na função de professora e escritora. Agregada às irmãs carmelitas em 1933 com o nome Teresa Benedita da Cruz por ela escolhida, dedicou a sua vida ao serviço do povo judaico e do povo alemão. Deixando a Alemanha por causa da perseguição aos Judeus, foi recebida a 31 de Dezembro de 1938 no convento das carmelitas de Echt (Holanda). No dia 2 de Agosto de 1942 foi presa pelas autoridades que exerciam o poder aterrador na Alemanha e enviada para o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau (Polónia), destinado ao genocídio do povo judaico. Aí foi cruelmente morta no dia 9 de Agosto.

Tuesday, August 2

Terça-feira da Semana XVIII do Tempo Comum



Nas crises e dúvidas deve prevalecer a fé
Jesus manifesta-se como Deus e Senhor dos elementos da natureza. A barca dos discípulos é um símbolo clássico da Igreja. Jesus conduz esta travessia de 21 séculos e não a deixará ir ao fundo. Perante as crises, as dú- vidas e o medo, deve prevalecer sempre a fé.

Monday, August 1

Memória litúrgica de Santo Afonso Maria de Ligório



Santo Afonso Maria de Ligório
É o fundador da Congregação do Santíssimo Redentor ou Padres Redentoristas. Nasceu em Marianela, um povoado nas imediações de Nápoles, em 1696. Amante dos estudos, aos 19 anos já era advogado formado. A sua vida mudou radicalmente quando percebeu a fragilidade dos julgamentos humanos, defendendo culpados e condenando inocentes. Tinha 30 anos quando se fez sacerdote. Passava os seus dias junto aos mendigos da periferia de Nápoles e dos camponeses. Em 1732, fundou a Congregação do Santíssimo Redentor, para concretizar o anúncio do Evangelho: fui enviado para evangelizar os pobres. Entregou-se de corpo e alma a promover a verdadeira vida cristã no meio dos fiéis, especialmente dos mais necessitados.
Escreveu várias obras ascéticas e teológicas. Entre as mais conhecidas temos A Prática do amor a Jesus Cristo, Preparação para a morte e As glórias de Maria. A sua obra mais importante versa sobre teologia moral, assunto no qual é considerado mestre insigne.
Foi eleito bispo de Santa Ágata dos Godos, por Clemente XIII, mas devido à idade e ao seu precário estado de saúde pediu ao papa o seu afastamento. Sofreu muitas contrariedades no fim da vida: criticado pelos seus escritos e até mesmo expulso de sua própria Congregação, por causa da má interpretação daquilo que desejava para seus filhos. Morreu em Nocera dei Pagani, Campanha, em 1787.