Friday, February 12

Sexta-feira depois das Cinzas



Reflexão
O formulismo religioso e hipócrita é alvo de denúncia. Jejuns e ritos sem justiça, são pura magia. A prática religiosa deve supor, como conteúdo, as disposições do coração.
A Igreja mantém o jejum apenas duas vezes ao ano: na Quarta-feira de Cinzas e na sexta-feira Santa.
É preciso fazer jejum no egoísmo, na auto-suficiência, na intolerância, no consumismo, no ódio, para dar passo ao amor e à confraternidade universal. A penitência quaresmal é sobretudo partilha dos bens materiais e espirituais, com os mais pobres!

No comments: